Cuiabá


Cuiabá tem quase 600 mil habitantes e está se tornando uma metrópole. Ainda tem espaço para as ruas sinuosas dos bairros tradicionais, que se unem ao ritmo acelerado trazido pelas empresas de comércio, serviço e demais segmentos do mercado, que crescem de forma exponencial. Onde o novo e o tradicional dividem o mesmo espaço, há um terreno fértil para inovação, conhecimento e oportunidades em geral.

Também conhecida como “Portal da Amazônia”, Cuiabá é uma cidade única com atrações para todos os gostos. Por estar situada em uma região com vários cenários naturais e culturais possui muitos atrativos turísticos, tais como a Chapada dos Guimarães, uma linda representação do Cerrado brasileiro; o Pantanal Mato-grossense que possibilita ter experiências inesquecíveis em meio a um ambiente único; o belo e importante patrimônio histórico que proporciona uma viagem ao passado por se tratar de um município antigo.


Principais Pontos Turísticos

Centro Histórico

O centro histórico, construído sobre as antigas minas de ouro, apresenta casarões com arquitetura típica do século XVIII. As construções barrocas e neogóticas formam em conjunto um cenário de ruas estreitas que se entrelaçam como labirintos. Essa curiosa forma de organização foi criada pelos colonizadores para confundir as pessoas que passavam pela cidade com a intenção de embolsar parte da fortuna existente nas minas de ouro. Uma visita ao Arsenal da Guerra, ao Casarão do Tesouro e aos palácios da cidade que são protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional, é indispensável.

Centro Geodésico da América do Sul

Situado nas coordenadas 15° 35’ 56”,80 de latitude sul e 56° 06’ 05”,55 de longitude oeste. Situado na atual praça Pascoal Moreira. Demarcado pela Comissão Rondon, em 1909, o centro geodésico da América do Sul fica no antigo campo do Ourique - hoje a praça Moreira Cabral, onde também fica a Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Para marcar o local foi construído no ano de 1909 um marco simbólico de alvenaria pelo artesão Júlio Caetano onde foi gravado as coordenadas geográficas do local. Mais tarde foi erguido por sobre o marco original um obelisco de aproximadamente 20 metros de altura todo revestido em mármore branco. Este obelisco foi eregido de forma a preservar o marco original, o qual se encontra hoje protegido por vidros, sendo plenamente visível.

Igrejas

Nas igrejas de Cuiabá, com uma belíssima arquitetura e histórias próprias, se encontra uma grande parte da história deste lindo lugar. A Igreja Nossa Senhora do Rosário e a Capela São Benedito foram construídas por escravos em 1722 em estilo barroco; a Catedral Metropolitana e a Basílica Senhor Bom Jesus de Cuiabá foram construídas em 1973 e possuem uma arquitetura única. A Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho, com estilo gótico, foi inspirada na Catedral de “Notre Dame” e é uma das mais belas da cidade. Existem muitas outras como o Templo da Assembleia de Deus, que é o maior da América Latina e a mesquita muçulmana, construída em 1978.

Coxipó do Ouro

Para conhecer um pouco mais da arquitetura rústica típica do período colonial do interior brasileiro, como a primeira igreja da cidade, visite a região de Coxipó de Ouro, localidade que deu origem a Cuiabá e onde os primeiros bandeirantes localizaram ouro na região. É um lugar agradável, acolhedor e perfeito para passar momentos de tranquilidade.

Parques

Diversos parques são o ponto de encontro da sociedade cuiabana, muitas áreas verdes e de preservação no meio da cidade, embelezam e tornam Cuiabá merecedora do nome de “Cidade Verde”. Trilhas, mirantes, áreas de lazer e viveiros de plantas são parte dos atrativos que os parques mais bonitos da cidade contam.
- Parque Massairo Okamura
- Parque Estadual Mao Bonifácia
Parque Municipal Lagoa Encantada
Horto Florestal de Cuiabá
Parque Federal da UFMT e Zoológico Estadual
Parque Zé Bolo Flo


Museus

Cuiabá possui uma variedade impressionante de museus que contam a história da cidade e mostram a cultura do Pantanal e dos índios que habitavam a região. Além dos museus, existem espaços culturais oferecem amostras de artistas locais e de outras regiões do Brasil. Entre os principais se destacam:
- Museu do Rio

- Museu Rondon do Índio
Museu Ramis Bucair ou Museu de Pedras
Museu de Arte e Cultura Popular da UFMT
Museu Histórico
Museu do Pantanal
Museu do Coxipó
Espaço Cultural Silva Freire
Casa da Cultura de Cuiabá
Casa do Artesão/Museu do Artesanato


Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães possui muitos atrativos naturais, enormes formações rochosas de arenito, mirantes que oferecem uma ampla visão da planície do pantanal e muitas cachoeiras graças a sua rica hidrografia e mudanças de relevo. Além disso, oferece sítios arqueológicos com pinturas rupestres e fosseis de animais pré-históricos. Recebe um grande número de turistas e de habitantes de Cuiabá que são atraídos pelas lindas paisagens. É definitivamente uma visita obrigatória.

Pantanal

A menos de 100 km de Cuiabá se encontra o Pantanal Mato-grossense, uma das maiores extensões de terras alagadas do mundo. É uma rede de rios, planícies inundadas e um complexo sistema de lagoas interligadas que servem de habitat para muitas espécies raras e algumas únicas, de animais e plantas. Pelas suas características e importância, essa região foi reconhecida pela UNESCO como Reserva da Biosfera em 2000, por ser uma das mais exuberantes e diversificadas reservas naturais da terra.

Fonte: BestDay


Pacotes Turísticos

Clique aqui

Promoção

ABMS

Realização

Fundação MT

Co-realização

Aprosoja

Apoio Científico

UFMT

Patrocínio

Agrichem
Arysta
BASF
Bayer
CREA-MT
Du Pont
Monsanto
Mosaic
Oxiquímica
Satake
Syngenta
UPL
Vale Fertilizantes
Yara

Apoio

A Granja
Agroclima Pro
Campo & Negócios
Editora Gazeta
Embrapa
Fundação Chapadão
Fundação MS
Fundação Rio Verde
GAPE
IPNI - International Plant Nutrition Institute
Kleffmann Group
Portal Ciência do Solo
Revista Cultivar