Trabalhos


Normas e Modelo de Resumo Expandido

A redação do Resumo Expandido deverá ser realizada diretamente no arquivo modelo (hipotético) disponibilizado abaixo, o qual se encontra devidamente formatado e com o cabeçalho e rodapé do evento.

Não é permitido alterar o tipo e tamanho das fontes ou espaço entre as linhas para adicionar mais texto. Da mesma forma, não alterar o tamanho das páginas (margens) e o formato geral do texto. A não utilização do arquivo modelo será motivo de recusa do(s) trabalho(s).

Modelo - Resumo Expandido: Clique Aqui para fazer o download do arquivo.
 

I- Informações Gerais

  1. O envio dos trabalhos só será possível mediante inscrição e confirmação do pagamento da taxa de inscrição. Importante: pagamento por boleto requer um prazo de até 5 (cinco) dias para ser compensado;
  2. Os trabalhos serão redigidos na forma de “Resumo Expandido”;
  3. Cada inscrito poderá enviar no máximo 2 (dois) trabalhos, devendo o inscrito constar dentre os autores, em qualquer posição da autoria;
  4. Os trabalhos deverão ser enviados eletronicamente e exclusivamente por meio do Formulário de Envio disponível na área restrita do inscrito. Não serão aceitos arquivos encaminhados por e-mail;
  5. O autor que enviar o(s) trabalho(s) será considerado pela Comissão Técnico-Científica como responsável, incluindo-se incorreções quanto à grafia dos nomes de co-autores e autorização de co-autorias;
  6. Somente serão aceitos trabalhos com Milho Safrinha que abordem as seguintes áreas de conhecimento: 1- Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas; 2- Fisiologia Vegetal; 3- Fitossanidade; 4- Fitotecnia; 5- Máquinas e Mecanização; 6- Melhoramento Vegetal; 7- Pós-colheita; 8- Sistemas Integrados; e 9- Sócio Economia. Durante o envio, o inscrito deverá indicar no formulário, a área de interesse em que o trabalho será apresentado;
  7. Os trabalhos serão avaliados por especialistas na área de conhecimento e retornados ao responsável pelo envio para ajustes ou correções, se assim o avaliador decidir. Os pareceres da Comissão Técnico-Científica serão emitidos contemplando as seguintes condições: Aprovado Sem Correções, Aprovado Com Correções ou Não Aprovado;
  8. O autor responsável pelo envio será notificado via e-mail sobre o parecer final de avaliação do trabalho. É de responsabilidade do autor informar um endereço de e-mail válido na ocasião do envio do(s) trabalho(s), cuidando para que não haja problema de recebimento de mensagens naquele endereço (como caixa-postal cheia ou sistema anti-spam), que bloqueie os e-mails do evento;
  9. Recomenda-se rigor na elaboração, correção e na apresentação do Resumo Expandido, pois todo o conteúdo e conceitos emitidos serão de inteira responsabilidade dos autores;
  10. Os trabalhos aprovados serão apresentados na forma de pôster e farão parte dos Anais do Evento, em mídia eletrônica.
     

II- Normas Para Elaboração do Resumo Expandido

  1. Utilizar o arquivo modelo;
  2. Somente serão aceitos trabalhos que contenham resultados sobre Milho Safrinha, ou seja, milho cultivado após cultura ou planta de cobertura de verão e sob sequeiro;
  3. Trabalhos com Milho, conduzidos sob irrigação, não serão aceitos, mesmo que cultivado após cultura ou planta de cobertura de verão. Exceções serão dadas aos trabalhos conduzidos em ambiente controlado (por exemplo: casa de vegetação) e estes poderão ser enviados;
  4. Não serão aceitos trabalhos sobre avaliação de cultivares conduzidos em apenas um ambiente. Considera-se aqui, que os trabalhos tenham sido conduzidos em mais de um local, ou quando no mesmo local, mas por no mínimo 2 (dois) anos;
  5. Não serão aceitas descrições de projetos, revisão bibliográfica, intenção de trabalho ou trabalhos já publicados;
  6. Somente serão considerados para avaliação os trabalhos enviados dentro do prazo e que estiverem em conformidade com as normas e formatações apresentadas.
     

III- Preparo e Formatação

  1. Idioma: somente português;
  2. Formato do arquivo: Microsoft Word (salvar como .doc ou .docx). Importante: Não serão recebidos arquivos no formato PDF;
  3. Tamanho do arquivo: máximo 3,0 MB;
  4. Limitação de páginas: mínimo 4 (quatro) e máximo 6 (seis) páginas;
  5. Tamanho de folha: A4 (21 cm x 29,7 cm);
  6. Margens: superior de 4,0 cm; esquerda, inferior e direita de 2,5 cm;
  7. Fonte: Arial, tamanho da letra 11 (exceto notas de rodapé dos autores e de tabelas, que deve ser tamanho 9);
  8. Paginação: todas as páginas devem ser numeradas sequencialmente no canto direito superior, em algarismo arábico;
  9. Espaçamento entre linhas: 1,5 (todo o conteúdo, exceto notas de rodapé dos autores e de tabelas, que deve ser 1,0);
  10. Alinhamento: justificado (exceto o título e nome dos autores, que deve ser centralizado);
  11. Nomes científicos: gênero e espécie devem ser grafados em itálico e segundo o padrão internacional de nomenclatura científica. Por exemplo: Zea mays; Crotalaria ochroleuca; Urochloa ruziziensis; Azospirillum brasilense; etc.;
  12. Siglas e abreviaturas: deverão ser definidas tão logo sejam utilizadas no texto pela primeira vez, sucedidas do seu significado por extenso. Por exemplo: Associação Brasileira de Milho e Sorgo (ABMS); Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB); etc.;
  13. Citações no texto (fora e dentro dos parêntesis): os nomes devem aparecer apenas com as iniciais Maiúsculas, seguidos do ano de publicação. Alguns exemplos a seguir:
 Citação  Fora dos parêntesis  Dentro dos parêntesis
 Para um autor  ... Costa (2007)  (Costa, 2007)
 Para dois autores, usar a conjunção “&”  ... Costa & Paiva (2007)  (Costa & Paiva, 2007)
 Para mais de dois autores, usar a expressão “et al.”  ... Costa et al. (2007)  (Costa et al., 2007)
 Para vários autores/trabalhos  ... Costa et al. (2007), Silva et al. (2010) e Alexandrino (2015)  (Costa et al., 2007; Silva et al., 2010; Alexandrino, 2015)

 

IV- Estrutura (seções)

A estrutura do Resumo Expandido deverá ser organizada na seguinte sequência: Título, Autores, Introdução, Material e Métodos, Resultados e Discussão, Conclusões, Agradecimentos (opcional) e Referências Bibliográficas.

Título
- Negrito, centralizado e em caixa alta. Caso haja nome científico no título, grafar em itálico, negrito e não usar caixa alta (por exemplo: Zea mays);
- Deve ser claro, conciso e representar o conteúdo abordado;
- Não deve conter: ponto final; subtópicos; abreviações; fórmulas; e símbolos.

Nome do(s) Autor(es)
- Negrito e centralizado;
- O número máximo de autores por trabalho será limitado a 7 (sete);
- Sublinhar o nome do apresentador;
- Redigir o(s) nome(s) de todo(s) o(s) autor(es) por extenso abaixo do título, com as iniciais Maiúsculas (por exemplo: José Martins de Souza) e separados por vírgula. O penúltimo e último autores serão separados pela conjunção “e”;
- O último sobrenome de cada autor deve ser seguido de um número em algarismo arábico entre parênteses e sobrescrito, correspondente à respectiva chamada de endereço.

Nota de Rodapé do(s) Autor(es)
- Para todos os autores e de forma individual: deverá constar a formação acadêmica; mais alto grau acadêmico; função ou ocupação (professor, pesquisador, estudante, etc.); instituição (nome por extenso e sigla); cidade e estado; e endereço eletrônico (e-mail).

Introdução
- A expressão “Introdução” deve ser redigida apenas com a inicial Maiúscula, alinhamento justificado e em negrito;
- Deverá trazer informações que justifiquem o trabalho. Não deve ser muito longa a ponto de reduzir o espaço das seções “Material e Métodos” e “Resultados e Discussão”, prejudicando o entendimento do trabalho;
- Não poderá haver divisões na forma de subtópicos;
- O último parágrafo da introdução deverá trazer o(s) objetivo(s) do trabalho, de forma clara e sucinta.

Material e Métodos
- A expressão “Material e Métodos” deve ser redigida apenas com as iniciais Maiúsculas, alinhamento justificado e em negrito;
- Dependendo da natureza do trabalho, uma caracterização da área experimental deve ser inserida;
- Apresentar a descrição do local, as datas de semeadura e colheita, o delineamento do experimento, os tratamentos, o número de repetições, os parâmetros mensurados e o tamanho da unidade experimental;
- Quando os métodos utilizados forem os recomendados, apenas citar a referência bibliográfica. Caso contrário, será necessário descrever sucintamente os procedimentos utilizados, modificações promovidas, etc.;
- As unidades de medidas e símbolos devem ser os do Sistema Internacional (SI);
- Não poderá haver divisões na forma de subtópicos;
- Explicitar os procedimentos estatísticos utilizados: descrever o modelo estatístico e o teste de comparação de médias, quando for o caso. Tratamentos quantitativos deverão obedecer a procedimentos adequados para tal situação (regressão, por exemplo). Informar a respeito da transformação dos dados.

Resultados e Discussão
- A expressão “Resultados e Discussão” deve ser redigida apenas com as iniciais Maiúsculas, alinhamento justificado e em negrito;
- Os resultados não devem ser apenas apresentados, mas também discutidos;
- Não é recomendado repetir no texto dados que constem das tabelas;
- Não poderá haver divisões na forma de subtópicos.

Tabelas
- Devem ser confeccionadas em Word e ser autoexplicativas (sem necessidade de recorrer ao texto para sua compreensão);
- As citações de Tabelas podem vir entre parênteses ou integrar o texto;
- Devem ser inseridas logo após as respectivas chamadas no texto;
- No texto, devem ser citadas em ordem sequencial numérica da seguinte forma: “Tabela 1” (inicial Maiúscula);
- No título, devem ser redigidas da seguinte forma: Tabela 1. Seguido do título...; (a expressão “Tabela” deve estar em negrito e seguido de ponto);
- No título, os nomes das variáveis que representam o conteúdo de cada coluna devem ser redigidos por extenso; se isso não for possível, explicar o significado das abreviaturas no título ou nas notas de rodapé;
- No corpo da Tabela, nenhuma célula (cruzamento de linha com coluna) deve ficar vazia. A inexistência de dado numérico deve ser apresentada por: - (hífen) quando o fenômeno não ocorre; (zero) quando o fenômeno existe;
- Usar bordas horizontais para separar o título do cabeçalho e o corpo; usá-las ainda na base da Tabela para separar o conteúdo dos elementos complementares. Bordas horizontais adicionais podem ser usadas dentro do cabeçalho e do corpo; não usar bordas verticais;
- Tabelas que não pertencem ao(s) autor(es) devem conter em seu rodapé, a fonte de onde foram extraídas e estas devem constar na seção Referências Bibliográficas.

Figuras
- É considerado figura: gráfico, desenho, mapa e fotografia usados para ilustrar o texto;
- Recomenda-se a inserção de figuras no formato JPG, em qualidade mínima de 300 dpi ou 1.300 x 900 pixels;
- Figuras coloridas serão permitidas. Entretanto, gráficos devem ser acompanhados de padrões de símbolos, retículas ou hachuras que permitam a adequada identificação se impressas em preto e branco;
- Devem ser auto explicativas, sem necessidade de recorrer ao texto para sua compreensão;
- As citações de Figuras podem vir entre parênteses ou integrar o texto;
- Devem ser inseridas logo após as respectivas chamadas no texto;
- Os dados contidos nas Figuras devem ser redigidos na fonte Arial, tamanho da letra 11;
- No texto, devem ser citadas em ordem sequencial numérica da seguinte forma: “Figura 1” (inicial Maiúscula);
- No título, as Figuras devem ser redigidas da seguinte forma: Figura 1. Seguido do título...; (a expressão “Figura” deve estar em negrito e seguido de ponto);
- No título, os nomes das variáveis que representam o conteúdo devem ser redigidos por extenso; se isso não for possível, explicar o significado das abreviaturas no título ou nas notas de rodapé;
- Nos gráficos, as designações das variáveis dos eixos X e Y devem ter iniciais Maiúsculas, e devem ser seguidas das unidades entre parênteses e em negrito;
- Figuras que não pertencem ao(s) autor(es) devem conter, após o título, a fonte de onde foram extraídas e estas devem constar na seção Referências Bibliográficas.

Conclusões
- A expressão “Conclusões” deve ser redigida apenas com a inicial em Maiúscula, alinhamento justificado e em negrito;
- Em parágrafo único, d
evem apresentar as novas descobertas da pesquisa e basear-se somente nos dados apresentados no trabalho;
- Se houver apenas uma conclusão, o título da seção deve ser alterado para “Conclusão”.

Agradecimentos (opcional)
- A expressão “Agradecimentos” deve ser redigida apenas com a inicial em Maiúscula, alinhamento justificado e em negrito;
- Os autores podem fazer agradecimentos a apoio financeiro e infra estrutura, por exemplo;
- Devem ser breves e diretos, iniciando-se com “ao, aos, à ou às” (pessoas ou instituições);
- Não fazer agradecimentos no texto e nos rodapés das páginas ou tabelas.

Referências Bibliográficas
- A expressão “Referências Bibliográficas” deve ser redigida apenas com as iniciais Maiúsculas, alinhamento justificado e em negrito;
- Devem conter a relação do(s) autor(es) citado(s) no texto, tabela(s) ou figura(s);
- Dar prioridade para citações de trabalhos recentes, dos últimos 10 anos. Podem conter, excepcionalmente, trabalhos clássicos mais antigos, diretamente relacionados com tema do estudo;
- Deve-se referenciar todos os autores de cada obra e não usar a expressão “et al.”;
- Deve ser apresentada em ordem alfabética do sobrenome do primeiro autor;
- Deixar uma linha em branco entre as referências.

 

Modelos de Referências Mais Frequentes

Artigos de Periódico:
SILVA, R.B.; CRUZ, I.; FIGUEIREDO, M.L.C.; TAVARES, W.S. Desenvolvimento de Coleomegilla maculata de Greer (Coleoptera: Coccinellidae) com presas e dieta artificial. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v.9, n.1, p.13-26, 2010.

Livro:
BETTIOL, W.; MORANDI, M.A.B. Biocontrole de doenças de plantas: uso e perspectivas. Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2009. 341p.

Capítulo de livro:
ANDRADE, R.S.; STONE, L.F.; SILVEIRA, P.M. Plantas de cobertura e qualidade física do solo. In: SILVEIRA, P.M.; STONE, L.F. (Eds.). Plantas de cobertura dos solos do cerrado. Santo Antônio de Goiás: Embrapa Arroz e Feijão, 2010. p.161-180.

Trabalho em Eventos (congresso, seminário, simpósio, reunião, encontro, etc.):
KAPPES, C.; ZANCANARO, L.; LOPES, A.A.; KOCH, C.V.; FUJIMOTO, G.R.; FERREIRA, V.E.N. Avaliação de fontes de nitrogênio em cobertura no milho safrinha em sistema de semeadura direta após a soja. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE MILHO SAFRINHA, 12., 2013. Dourados. Anais... Dourados: Embrapa/UFGD, 2013. CD-ROM

Dissertação:
ALEXANDRINO, S.A. Sistemas de produção com rotação de culturas, coberturas e herbicidas para redução e prevenção do desenvolvimento de plantas daninhas resistentes ao glifosato. 2015. 141f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2015.

Tese:
OKUMURA, R.S. Produtividade de milho doce em função de doses e épocas de aplicação de nitrogênio. 2012. 107f. Tese (Doutorado em Agronomia) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2012.

Boletim Técnico:
EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Levantamento de reconhecimento de média intensidade dos solos e avaliação da aptidão agrícola das terras do Triângulo Mineiro. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 1992. 526p. (Boletim de Pesquisa, 1).

Internet:
HADDAD, R.V. Mesmo com preço do milho caro, comercialização do grão chega a 68%. 2016. Disponível em: http://www.abramilho.org.br/mesmo-com-preco-do-milho-caro-comercializacao-do-grao-chega-a-68/. Acesso em: 14 fev. 2017.


Dúvidas com o seu Resumo Expandido?
Entre em contato conosco: resumosnms2017@fundacaomt.com.br
 

Envie seu Resumo agora

Promoção

ABMS

Realização

Fundação MT

Co-realização

Aprosoja

Apoio Científico

UFMT

Patrocínio

Agrichem
Arysta
BASF
Bayer
Du Pont
Monsanto
Mosaic
Oxiquímica
Satake
Syngenta
UPL
Vale Fertilizantes
Yara

Apoio

A Granja
Agroclima Pro
Campo & Negócios
Editora Gazeta
Embrapa
Fundação Chapadão
Fundação MS
Fundação Rio Verde
GAPE
IPNI - International Plant Nutrition Institute
Kleffmann Group
Portal Ciência do Solo
Revista Cultivar